sexta-feira, 3 de fevereiro de 2017

Na Assembleia, governador convoca união de poderes pelo crescimento do RN



“Para seguir com a reconstrução do Rio Grande do Norte, convoco todas as pessoas que querem uma administração voltada para o bem estar da coletividade. O momento é de união, de trabalho, de luta e de ação conjunta para superarmos as dificuldades e vencermos a crise”. A convocação foi feita pelo governador Robinson Faria ao ler sua mensagem anual na abertura dos trabalhos da Assembleia Legislativa na manhã desta quinta-feira, 02.

Robinson Faria enfatizou que a crise nacional, que também atinge o RN, não é motivo para paralisação ou desânimo: “Estamos superando tudo isso com luta, ousadia e planejamento. A hora é de ação e de foco na superação”, reforçou o Governador para complementar: “No meu governo não há espaço nem tempo para a inércia, para o desânimo, para a apatia. Travamos uma guerra diária contra o imobilismo que as crises provocam, mas guiados pela fé em Deus, e com o apoio e a compreensão do nosso povo, estamos resgatando o tempo perdido no passado e retomando a melhor rota para o desenvolvimento e para a paz. Sobrevivemos ao ano de 2016 quando estados maiores despencaram no abismo da crise, como o Rio de Janeiro, Minas Gerais e Rio Grande do Sul”, registrou.

O Governador explicou que enfrenta problemas e crises originadas em gestões anteriores e disse que ao concluir o segundo ano de sua gestão tem muitas realizações. “Nossa gestão é democrática não apenas na teoria. Estimulamos a participação popular no planejamento estadual, na elaboração do orçamento, nas decisões tomadas em favor do Estado, ouvindo as demandas da população e com o diálogo aberto e permanente com os servidores públicos”.


Apesar da frustração de receitas de mais de R$ 1,2 bilhão nos últimos dois anos, dos seis anos de seca, a maior dos últimos cem anos, e da crise econômica nacional o Governo chega a 2017 com muitas obras executadas, projetos em andamento e melhores serviços à população.

Para o exercício de 2017, Robinson Faria citou a ampliação dos investimentos em ação social com a instalação de novos Restaurantes Populares, Centrais do Cidadão, o Transporte Cidadão, o funcionamento do Mercado do Artesanato, a Central de Comercialização da Agricultura Familiar, o Microcrédito Empreendedor, o Moradia Cidadã Servidor.

Como estímulo à instalação de novos negócios formais, o Governo vai instalar escritórios do empreendedor em Mossoró e na região Agreste do Estado, implantar o Fácil RN, que integra e automatiza os serviços de dez órgãos estaduais para melhorar o ambiente de negócios e fomentar a economia.

Na área da saúde será dada continuidade ao saneamento de Natal, que nos dois últimos anos passou de 3% para 60%, e até o final de 2018 chegará a 100%. A regionalização da saúde que começou em 2016 na região Seridó também terá continuidade e deverá ser realizado um mutirão para cirurgias ortopédicas e de traumas.

Em relação à mobilidade, o Governo vai continuar com a recuperação de estradas, concluir o acesso Sul ao aeroporto de São Gonçalo do Amarante e a terceira ponte à zona norte em Natal, as obras das avenidas Moema Tinoco e das Fronteiras que estão inacabadas há 20 anos.

Na área da educação, em 2017 será concluída a construção do campus da UERN na zona norte de Natal, dos Centros Estaduais de Educação Profissional e Tecnológica e escolas de tempo integral.

Para melhorar o abastecimento o Governo dará continuidade às obras da Barragem de Oiticica, no município de Jucurutu e a perfuração de poços.

Na agricultura, a partir da próxima semana começam a ser distribuídas 645 toneladas de sementes de milho, feijão, arroz e sorgo para mais de 48 mil agricultores de 158 municípios. O programa Agro Mais RN vai apoiar o pequeno e médio produtor rural.

Na segurança pública o Governo, que investiu R$ 110 milhões nos últimos dois anos, vai construir dois novos presídios, além do que está em construção em Ceará Mirim, e reforçar as estruturas de equipamento e pessoal das polícias civil, militar e bombeiros.

Ao final da leitura de sua mensagem, Robinson Faria renovou seu otimismo e disposição de trabalhar. “Teremos dificuldades? Sim, teremos. Mas enfrentaremos todas, uma a uma, como temos feito desde o primeiro dia de trabalho, com foco, determinação, compromisso e persistência. A população do Rio Grande do Norte compreendeu que nosso governo está preocupado em trabalhar pelas soluções, indo às ruas, dialogando e sendo transparente”, concluiu.