quinta-feira, 8 de dezembro de 2016

Sesap esclarece boato sobre camisinhas grampeadas a folders


A Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) informa que a imagem de camisinhas grampeadas a folders que está circulando em redes sociais, em todo o Brasil, não é de nenhuma atividade realizada pelo Programa Estadual de IST/Aids e Hepatites Virais do Rio Grande do Norte.

É uma notícia que está circulando por todo o país e em cada Estado está sendo atribuída às respectivas secretarias de saúde. Até agora não se sabe qual a fonte, mas tudo leva a crer que é um hoax.

Um hoax é um termo usado para designar boatos que se espalham na internet via e-mail ou redes sociais (Facebook, Twitter, Google+, etc) e que alcançam um número elevado de pessoas. Pode ser bastante prejudicial, sobretudo se as pessoas acreditam nele. Sendo assim, a melhor maneira de lidar com o problema é a boa e velha prevenção, antes de quaisquer compartilhamentos verificar junto aos orgãos oficiais se a notícia é verídica. 

A Sesap ressalta ainda a importância do uso do preservativo em todas as relações sexuais e o cuidado no armazenamento do mesmo, evitando calor, luz solar direta e o contato com objetos perfurocortantes, além de verificar sempre a validade do mesmo. As embalagens devem ser abertas com as mãos apenas na hora do uso.