sábado, 17 de dezembro de 2016

Polícia Ambiental passa a utilizar drone durante as ocorrências


A Companhia Independente de Proteção Ambiental (CIPAM) ganhou um importante ‘reforço’ esta semana. Desde a última segunda-feira (12), os policiais do órgão passaram a utilizar um drone durante as ocorrências.

O aparelho foi adquirido através de um edital do Juizado Especial Criminal de Parnamirim. “Apresentamos o projeto para o Juizado, mostramos como o drone seria utilizado e iria ajudar na nossa atuação. O nosso projeto foi aceito e o Juizado liberou recursos para que pudéssemos adquirir o aparelho”, explicou o tenente Moab Lucena.

Do dia 22 de novembro até 8 de dezembro, alguns policiais passaram por uma capacitação para aprender a pilotar o drone. “Já tínhamos alguns policiais que possuíam um conhecimento nessa área, que já praticavam o aeromodelismo e também que usavam drones para georreferenciamento”, explicou o tenente.

Inicialmente o drone está sendo utilizado na região do Jiqui, que possuí uma grande quantidade de áreas de mata e rios. “De fato foi uma grande aquisição para o CIPAM. Com o drone, conseguimos ter uma visão muito boa de determinadas áreas que seriam de grande dificuldade para o patrulhamento a pé. Em certas regiões de mata, por exemplo, é muito complicado para o policiamento entrar. O drone consegue sobrevoar essas regiões e fazer imagens, o que facilita o nosso trabalho”, concluiu o tenente Moab.

O funcionamento do aparelho foi apresentado em um evento nesta sexta-feira (16) que mostrou as ações desempenhadas pelo CIPAM durante o ano. O promotor do Meio Ambiente de Parnamirim, David Benevides, esteve presente.