quarta-feira, 6 de abril de 2016

Estudantes distribuem repelente natural contra Aedes aegypti em Natal


Estudantes produzem repelente natural Natal (Foto: Divulgação)

Estudantes de Natal produziram um repelente natural que combate a ação do Aedes aegypti, mosquito que transmite dengue, chikungunya e zika. Com baixo custo e produção rápida, o repelente tem como base o cravo da índia, que possui propriedades que ajudam na prevenção do mosquito. Os alunos da 2ª série do Ensino Médio do Colégio Nossa Senhora das Neves confeccionaram cerca de mil frascos do repelente.

O material será distribuído nesta quinta-feira (7), quando se comemora o Dia Mundial da Saúde, nos intervalos das aulas nos turnos matutino, vespertino e noturno. Um grupo de estudantes ainda fará uma encenação sobre as causas e consequências das doenças transmitidas pelo Aedes no pátio da escola. O objetivo é conscientizar e mobilizar alunos, pais, professores e funcionários da instituição.
O repelente foi desenvolvido no laboratório de ciências do colégio e passou por um processo de pesquisa, criação, observação e teste na própria instituição. Os jovens usaram cravo da índia, que foi manipulado com álcool de cereais e misturado ao óleo corporal de amêndoas. Todos os produtos utilizados são de origem vegetal e qualquer pessoa pode usar, inclusive, mulheres grávidas e bebês a partir do segundo mês de vida.

Ao longo da semana também serão desenvolvidas atividades específicas para cada nível de ensino como palestras, entrega de panfletos, confecção de cartazes, vídeos que serão veiculados na internet e no circuito interno de TV da instituição, elaboração de cordéis, além da vistoria para combater possíveis criadouros do mosquito. A programação faz parte da Semana Nacional de Mobilização de combate ao mosquito Aedes aegypti, promovida pelo Ministério da Educação em parceria com a Associação Nacional de Educação Católica do Brasil (Anec).

Do G1 RN