quarta-feira, 6 de abril de 2016

Aluno da rede estadual apresentará projeto científico nos EUA



Buscando uma forma de combater o mosquito Aedes aegypti, Kevin Danuway Oliveira Alves, estudante da Escola Estadual 11 de Agosto, desenvolveu um produto natural que conquistou importante premiação na Feira Brasileira de Ciência e Engenharia da USP (Febrace), realizada no período de 15 a 17 deste mês, na USP (Universidade de São Paulo), em São Paulo.

Ganhador na categoria das ciências exatas, o estudante potiguar foi convidado a participar da The Intel International Science and Engineering Fair (Feira Internacional de Ciências e Engenharia Intel), que será realizada entre os dias 8 e 13 de maio na cidade de Phoenix, Arizona, nos Estados Unidos.

O trabalho "Avaliação do Uso do Extrato da Semente Folha e casca da Fruta do Conde (Annon Squamosa) no Combate ao Aedes aegypti e Cryptote brevis", desenvolvido por Kevin Oliveira, surgiu para diminuir os impactos ambientais causados pelo uso indiscriminado dos inseticidas. “Acreditamos que a utilização de inseticidas naturais possa ser o método mais viável no controle alternativo das pragas”, disse o aluno em seu projeto científico.

Kevin Oliveira ganhou na Febrace o prêmio Intel ISEF , o prêmio da  Abritec (empresa brasileira na área de informática), sendo o melhor  projeto do Rio Grande do Norte e o segundo lugar em ciências exatas no Brasil.

Localizada em Umarizal, região Oeste do Rio Grande do Norte, a Escola Estadual 11 de Agosto é referência em projetos de inovação científica. Na execução do projeto vitorioso, o jovem estudante Kevin Oliveira contou com a ajuda do professor orientador Bruno Bezerra, e do coordenador José Everton Pinheiro Monteiro.