sexta-feira, 5 de fevereiro de 2016

Com eixo de ventilador, presos tentam abrir buraco em teto de cadeia no RN


Centro de Detenção Provisória de Apodi (Foto: Márcio Morais)

Cinco presos tentaram escapar na madrugada desta sexta-feira (5) do Centro de Detenção Provisória de Apodi, na região Oeste potiguar. Segundo a direção da unidade, os detentos usaram o eixo de um ventilador para tentar abrir um buraco no teto de uma das celas.

“Os agentes de plantão impediram a tentativa de fuga graças ao sistema de monitoramento. Mesmo assim, temos certeza que os presos não conseguiram, porque a laje tem 10 centímetros de concreto e uma tela de ferro”, ressaltou o agente penitenciário Márcio Morais, diretor da unidade.

Ainda de acordo com o diretor, o CDP Apodi tem atualmente cerca de 100 presos.
Em pouco mais de 1 mês já ocorreram 10 fugas no sistema prisional do Rio Grande do Norte. Ao todo, 89 detentos conseguiram escapar.

Fugas em 2016


Dia 30 de janeiro: 2 presos fugiram da Penitenciária Agrícola Dr. Mário Negócio, em Mossoró.

Dia 29 de janeiro: 2 presos fugiram da Penitenciária Agrícola Dr. Mário Negócio, em Mossoró.

Dia 24 de janeiro: 2 presos fugiram do Centro de Detenção Provisória de Ceará-Mirim.

Dia 22 de janeiro: 2 presos fugiram da Penitenciária Agrícola Dr. Mário Negócio, em Mossoró.

Dia 21 de janeiro: 10 presos fugiram da Penitenciária Estadual de Alcaçuz, em Nísia Floresta.

Dia 19 de janeiro: 3 presos fugiram da Penitenciária Estadual de Alcaçuz, em Nísia Floresta.

Dia 17 de janeiro: 2 presos fugiram do Centro de Detenção Provisória do Potengi, em Natal.

Dia 14 de janeiro:  4 presos fugiram do Centro de Detenção Provisória de Macau.

Dia 12 de janeiro: 46 presos fugiram do Presídio Provisório Raimundo Nonato (Cadeia Pública de Natal), em Natal.

Dia 1º de janeiro:16 presos fugiram da Penitenciária Agrícola Dr. Mário Negócio, em Mossoró.

Do G1 RN