quinta-feira, 28 de janeiro de 2016

Nota de Esclarecimento – ROCAM será fortalecida com transformação em Batalhão



A Polícia Militar do Estado do Rio Grande do Norte vem a público esclarecer sobre os fatos da criação do Rondas Ostensivas Tático Móvel (ROTAM).

Previamente, a Polícia Militar do RN esclarece que o Rondas Ostensivas Tático Móvel (ROTAM) será criado através da fusão da Companhia de Patrulhamento Tático Móvel (PATAMO) e a Companhia de Rondas Ostensivas com Apoio de Motocicleta (ROCAM), formando uma força especial para atuar em qualquer parte do Estado, otimizando o policiamento para um pronto atendimento à população.

Atualmente, a ROCAM ocupa na estrutura organizacional básica da Polícia Militar o status de Companhia, que pode ser composta por, no máximo, 300 policiais militares em seu efetivo. Enquanto que, ao transformar-se na ROTAM, este terá o status de Batalhão, podendo ser composto por até 800 policiais militares, o que garante a intensificação do policiamento em sua área de atuação.



Outrossim, a ROTAM já está prevista na Nova Lei de Organização Básica da Polícia Militar, a qual está sendo elaborada conjuntamente entre o Comando da Polícia Militar e associações representativas de oficiais e praças da corporação.

Além disso, a Polícia Militar ressalta que a criação da ROTAM está baseado nas experiências de Estados modelos no sistema de Segurança Pública, como Minas Gerais e São Paulo, onde é destaque pelo ágil deslocamento, além de proporcionar maior segurança aos policiais, uma vez que, ao realizar a prisão de um infrator, necessariamente será preciso a presença de uma viatura para a condução do detido.

Desta forma, a Polícia Militar do Estado do Rio Grande do Norte ressalta que todas as mudanças na estrutura organizacional da corporação está sendo feita com o objetivo de proporcionar uma segurança pública de qualidade à população norte-riograndense, além do fortalecimento e melhorias dos órgãos que compõe esta instituição militar.